Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

A Astrologia (do grego astron, “astros”, “estrelas”, “corpos celestes”, e logos, “palavra”, “estudo”) é uma pseudociência segundo a qual as posições relativas dos corpos celestes poderiam prover informação sobre a personalidade, as relações humanas, e outros assuntos relacionados à vida do ser humano. A Astrologia parte do principio que existe uma forte relação entre o que acontece no plano humano e aquilo que se passa no próprio sistema solar. A Astrologia diz que o homem não nasce desgarrado do momento cósmico que presidiu ao seu próprio nascimento. Quer esse nascimento seja natural ou provocado, o que importa é o momento em que aquele individuo começou a respirar sozinho.  A astrologia, no fundo, diz-nos que cada um tem o seu próprio desafio. Esse desafio é único. Uma pessoa nunca pode, ou não deve, cair na tentação de se comparar com os processos ou com os desafios dos outros.

Para se estudar um mapa astrológico, que torna um indíviduo único, faz-se o cálculo do mapa natal e de seguida é analisado. Em todo processo existem várias consideração a ter em conta:

 

  • Os pontos de referência, Ascendente, Descendente, Meio do Céu e Fundo do céu
  • Avaliação do Elementos e Qualidades
  • Colocação dos Planetas por signos e Casas
  • Os regentes de cada uma das 12 casas
  • Aspectos entre planetas
  • Partes Kármicas, como o nódo Norte e Sul, Lua Negra, Parte da Fortuna.
  • Entre outros.

É depois deste estudo criterioso que estamos aptos a definir a personalidade, o trajeto de vida, as potencialidades do mapa, que áreas estão mais ou menos favorecidas, que futuro terá um determinado indivíduo. 

Temos ainda as previsões astrológicas, que nada têm a ver com as previsões de revistas ou jornais, com base nos trânsitos, progressões, retorno solar, etc. 

 

Add Comment

Fábio Ludovina© 2021 Todos os direitos reservados.