Skip to content Skip to sidebar Skip to footer
Após aprenderem que o mapa natal é constituído por uma “roda” que contêm os 12 signos e por planetas, vamos aprender que o mapa é ainda dividido por 12 casas. 
Essas 12 casas podem ter tamanhos diferentes ou não dependendo do sistema de casas que cada astrólogo usa. Nós vamos usar o sistema de casas de tamanhos diferentes, chamado de sistema de casas placidus.
 
Não vamos para já tentar perceber ou querer saber o significado das coisas, vamos apenas olhar o que compõe um mapa natal.
 
Como exercício, vamos olhar para o mapa natal e vamos localizar cada planeta no mapa. Vamos localizar em que signo se encontra o planeta e em que casa. Escrevam numa folha à parte.
 
Aqui, vou ensinar um regra que diz respeito às casas:
– Um Planeta a menos de 5 graus da próxima casa, considera-se na casa seguinte. 
 
Na imagem que acompanha o artigo, sublinhei as casas e coloquei uma bola laranja para identificar o numero da casa, para que percebam melhor.
No mapa de exemplo as localizações são:
 
  • Sol em Peixes na casa 9;
  • Lua em Carneiro na casa 9;
  • Mercúrio em Peixes na casa 9;
  • Marte em Carneiro na casa 9;
  • Vénus em Peixes na casa 9;
  • Júpiter em Gémeos na casa 12 (aplica-se a regra dos 5 graus);
  • Saturno em Escorpião na casa 5;
  • Úrano em Carneiro na casa 10 (aplica-se a regra dos 5 graus)
  • Neptuno em Peixes na casa 9 (aplica-se a regra dos 5 graus);
  • Plutão em Capricórnio na casa 7.
O Signo é definido pela posição do sol no dia e hora de nascimento. Como podem ver o vosso signo é dado pela posição do sol, confiram. 
Neste exemplo a pessoa é do signo Peixes.
 
Podem deixar os vossos comentários ou dúvidas comentando este artigo.
 

Fábio Ludovina

Add Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Fábio Ludovina© 2021 Todos os direitos reservados.